sexta-feira, 24 de abril de 2009

Tipos de paixão,


.
Hoje em dia a paixão é considerada uma característica positiva.Somos aconselhados a viver a vida com não e entusiasmo.Ter uma paixão, é dar um objetivo a sua vida,algo que dê sentido a nossa existência, que nos sirva de estímulos, para não cair na rotina.Durante séculos, porém, a paixão foi considerada algo que nos impedia de pensar com clareza e nos tornava escravos de nossos desejos.

A Paixão sofrida
Durante séculos a paixão foi considerada algo que deveria ser evitado porque alterava a capacidade de raciocinar e domina aquele que a está sentindo.A paixão é um estado provocado por um desejo muito intenso que se impõe à vontade, muito acima de outros desejos possíveis. O apaixonado não pode lutar contra o poder que sobre ele exerce o objeto de sua paixão.


A paixão egoísta
É a pessoa que só pensa numa única coisa, que organiza sua vida em torno dessa paixão.
O olhar apaixonado
O problema da paixão é que ela acaba por alterar a percepção da realidade do apaixonado. Isso não significa que exista uma única forma de perceber a realidade, mas que o apaixonado experimenta um desequilíbrio em sua atenção nas coisas que acercam. indiferente a todo o resto, só parece enxergar o objeto de sua paixão e o que este o leva a sentir. O fascínio que o apaixonado sente é incompreensível para aqueles que olham de fora. Pode ocorrer que a paixão seja até perigosa, mas isso não a levará o apaixonado a se corrigir.


A lógica da paixão
A paixão altera o juízo, mas isso não significa que o apaixonado não raciocine. Por exemplo, o namorado analisa tudo o que diz ou faz a sua amada até o exagero. É capaz de ver indícios onde não os há.
Entretanto, embora pareça capaz de raciocinar,não esta disposto a aceitar os argumentos dos outros. Pode inclusive, chegar, a pensar que todos estão contra ele e que ninguém o entende. Todos conhecemos alguém que enfrentou alguma vez seu pais ou seus amigos por causa de uma paixão demasiado envolvente.

O elogio da Paixão
Tende-se a pensar que não há paixões boas ou más. Perigosas para as pessoas frágeis que se deixaram a dominar por elas, serão úteis para os que tiverem vontade suficiente para dominá-las e tirar proveito






Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário